Lei nº 12.865/13 e o Refis da Crise

Bom dia, prezados!

Recentemente entrou na pauta de decisões dos empresários brasileiros o artigo 17 da Lei nº 12.865, de 09 de Outubro de 2013. Por meio deste artigo, a nova lei publicada no DOU do dia 10 de Outubro estabelece a reabertura do REFIS IV (Lei nº 11.941/2009), também conhecido como Refis da Crise.

Sobre esse assunto, cabem algumas considerações importantes. Para tal, trago hoje a vocês um excelente artigo do advogado Fábio Martins de Andrade, doutor em Direito Público pela UERJ e autor da obra “Modulação em Matéria Tributária: O argumento pragmático ou consequencialista de cunho econômico e as decisões do STF”.

Confira!

Continue lendo “Lei nº 12.865/13 e o Refis da Crise”

O Contador na Era Tecnológica

Bom dia, prezados!

É fato que a internacionalização das normas contábeis deu ao contador outro perfil. A ultrapassada imagem que vinculada ao contador brasileiro, como sendo o guarda-livros de caneta atrás da orelha, não passa hoje de folclore e caricatura.

A abertura dos mercados globais tornou a Contabilidade a quarta profissão com maior demanda em todo o planeta. Novos campos de atuação deixaram para trás arranjos empíricos e trouxeram uma linguagem tecnológica e perfis especializados em consultoria, gestão e perícia. A automação de procedimentos a partir de softwares especializados mudou o cenário das empresas contábeis, independetemente de seu tamanho.

Se a ciência evolui, “o profissional também precisa evoluir a fim de acompanhar os novos conceitos utilizados e esta é a rotina dos contabilistas que não podem, em momento algum, deixar de se atualizar e estudar assuntos correlatos à contabilidade, ao mercado financeiro, ao sistema de tributação e à tecnologia que cerca todos estes conceitos”, conforme somos lembrados pelo professor Reinaldo Lunelli no artigo que estamos disponibilizando aqui hoje.

Confiram!

Continue lendo “O Contador na Era Tecnológica”

Vaias e vandalismo contra a péssima gestão pública

Bom dia, prezados!

Ao longo dos últimos dias temos presenciado rodadas de manifestações de um movimento cada vez mais poderoso, que começou com pequenos protestos sobre as tarifas de ônibus e tem crescido para um amplo confronto à corrupção política, ao custo de vida elevado e de qualidade inferior, e aos demais gastos públicos exacerbados de modo geral.

Na opinião de especialistas, o fenômeno é mais social do que político e concentra-se nas regiões metropolitanas, onde as sucessivas políticas públicas executadas por governantes locais teriam deixado de atender aos principais anseios da população, sobretudo os mais jovens.

Nesse contexto, trago a vocês um artigo do jornalista José Nêumanne, publicado nessa quarta-feira (19) no sítio Estadão. Opinião interessante de um bom entendedor. Confira! Continue lendo “Vaias e vandalismo contra a péssima gestão pública”